17 Jun 2024 Ellipse ATUALIZADO 13:06

Publicado

27/10/2022

Atualizado

31/01/2024
Publicação

A 3 dias da eleição presidencial, a missão de George Soares e Ivan Júnior

Por Silvino Júnior, graduando em jornalismo (UERN), Assistente de Planejamento da Produção (SENAI) e Editor Colaborador do Observatório da Várzea.

3,189 votos estão em jogo em Assú neste segundo turno, considerando a soma do percentual de brancos e nulos e dos candidatos de terceira via. Em um pleito acirrado, todo voto pode fazer a diferença. Para chegar nesse eleitorado, a militância petista e a militância conservadora a nível local precisa recorrer a capilaridade das duas maiores lideranças políticas do município, George Soares que defende Lula e Ivan Júnior que defende Bolsonaro.

A missão de cada um é usar sua imagem para virar votos. Dessa forma, ambos conseguem ampliar ainda mais suas influências com as principais figuras do estado. George Soares se tornou um aliado benquisto pela Governadora Fátima Bezerra, tem participado de eventos pró-Lula e adota uma postura evidente em apoio ao ex-presidente. Ivan Júnior tem bom trânsito com o senador eleito Rogério Marinho, tem participado de mobilizações pró-Bolsonaro e tem sido mais contundente no apoio ao atual presidente.

No primeiro turno, Lula conquistou em Assú 24,909 votos e Bolsonaro chegou a 7,671 votos. É nótorio que o petista vai cravar a liderança neste segundo turno na cidade. A dúvida é se vai ampliar a votação, sofrer redução ou manter esse teto de 24 mil. Tanto George, quanto Ivan, devem participar das últimas mobilizações de rua agendadas para o fim de semana na cidade e utilizar as redes sociais para reafirmar seus posicionamentos e convencer os eleitores assuenses que se encontram indecisos no voto para presidente.

Estamos observando…

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS