23 Feb 2024 Ellipse ATUALIZADO 08:26

Publicado

19/08/2023

Atualizado

31/01/2024
Publicação

A foto que deixou a família Soares sem dormir

Por José Guimarães, Licenciado em Filosofia pela Faculdade Vicentina (Curitiba), especialista em Pesquisa Acadêmica e Científica na Prática Docente, pela Unibagozzi (Curitiba) e Diretor Presidente do Observatório da Várzea.

Acostumados a toda sorte de trama e conchavos políticos, num histórico de manipulações e narrativas que os consolidaram na maior oligarquia de todos os tempos, ao que parece, os “donos da prefeitura” de Assú cavaram sua própria cova ao, segundo diz o entorno de Fabielle Bezerra, vinculá-la ao PSDB, partido de Ezequiel Ferreira, presidente da Assembleia Legislativa do RN, tentando imputá-la o título de traidora.

A vice-prefeita, de maneira equilibrada e inteligente, soube aproveitar a chance de aproximar-se do partido, outrora comandado por George Soares em Assú, conquistando a simpatia de Ezequiel e seu entorno, construindo um caminho feito de articulações e carisma próprio, sem atacar os antigos aliados, mesmo sendo provocada diariamente pelo grupo que a expulsou da gestão de Gustavo.

No evento do PSDB estadual, que contou com a presença do seu presidente nacional, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, a convite de Ezequiel Ferreira, Fabielle demonstrou mais uma vez que seu grupo, o chamado F4, continua firme, capaz de mexer com o imaginário dos adversários e, acima de tudo, seguir o caminho traçado pela resistência aos inúmeros assédios que o grupo da gestão vem fazendo ao longo dos meses.

Certamente, a foto em que Fabielle aparece ao lado dos seus vereadores e dos presidentes estadual e nacional do PSDB deve ter deixado o grupo de George em alvoroço, uma vez que a cada aproximação de Fabielle a Ezequiel Ferreira, dias depois O deputado e seu irmão visitaram o gabinete do presidente da Assembleia Legislativa para fazer uma foto, como forma de demarcar território.

Faltando um ano para a campanha eleitoral, é de extrema importância que qualquer pré-candidato tenha um partido para consolidar seus projetos e estratégias. A chapa “Fabielle e Vanessa” é muito forte e está na boca do povo. No entanto, quem determina uma campanha de sucesso são os grupos políticos aos quais elas fazem parte. É preciso sabedoria e paciência para vencer a maior oligarquia assuense de todos os tempos.

Estamos observando…

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS