23 Feb 2024 Ellipse ATUALIZADO 08:05

Publicado

09/02/2021

Atualizado

31/01/2024
Publicação

AÇÕES CULTURAIS EM CARNAUBAIS SÃO EXEMPLOS PARA ASSÚ

Por Gicardson Lima, Graduado em Letras, Inglês e Português pela UERN, Editor-Colaborador do Observatório da Várzea.

A cidade de Assú sempre foi conhecida por suas qualidades que expressam valores artísticos, como a cidade dos poetas e Atenas Norteriograndense. Acontece que nas últimas décadas essas alcunhas só habitam o imaginário das pessoas e o discurso de políticos que querem forjar um ambiente cultural ativo em nosso torrão bendito.

Assim, nesse contexto de valorização da cultura, encontramos um exemplo não muito distante do nosso município. A cidade de Carnaubais possui já há algumas gestões municipais a secretaria de Cultura como protagonista das ações que cabem a sua pasta, ou seja, não é uma pasta secundária ou terciária a nenhuma outra, como acontece aqui em Assú que há anos os artistas locais pedem por um desmembramento entre as pastas de educação e cultura e que esta última venha a ter mais autonomia.

Mas não para por aí! A cidade de Carnaubais ainda poderá ser beneficiada por mais ações artísticas, desta vez, por iniciativa do legislativo carnaubaense. Como declarado pelo atual presidente da Câmara de vereadores, Wanderley Mendes, que no dia primeiro do mês de fevereiro anunciou a proposição de um projeto no qual fará da Câmara um espaço cultural para aqueles que desejam apresentar seus trabalhos artísticos. O que faz disso uma atitude muito valorosa quanto ao fomento e a valorização do artista, pois o citado projeto prevê o pagamento de cachês para os trabalhadores da arte que contribuírem com a realização do projeto.

Fica aqui, portanto, o mais singelo exemplo para a atual gestão da Atenas Norteriograndense que, ao que parece, mesmo após quatro anos de mandato, não compreendeu o real sentido da palavra “fomento”, mais especificamente o cultural. Bem como fica a lição para o inerte legislativo assuense que diante do atual quadro artístico cultural permanece e sempre permaneceu à espera do executivo, e ambos não lembram que por trás de cada segmento artístico sempre há artistas dispostos a trabalhar.

Estamos Observando!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS