23 Jun 2024 Ellipse ATUALIZADO 05:05

Publicado

28/12/2022

Atualizado

31/01/2024
Publicação

Com exoneração de Claudia, Prefeito precisa escolher perfil feminino e semelhante para a educação

Por Silvino Júnior, graduando em jornalismo (UERN), Assistente em Planejamento da Produção (SENAI) e Editor Colaborador do Observatório da Várzea.

A exoneração de Claudia Cezário Dantas de Medeiros da Secretaria de Educação e Cultura de Assú na segunda-feira (26), impõe a condição para que o Prefeito Gustavo Soares pense em um nome para substituí-la que reúna os mesmos atributos: perfil feminino, carismático e conhecido pelos assuenses.

Claudia, conhecida como Claudinha, participou de uma maratona de entrevistas desde sua exoneração nos principais veículos de comunicação da cidade e recebeu uma enxurrada de elogios nas redes sociais por seu desempenho à frente da educação.

Escolher uma mulher que seja conhecida e com a mesma habilidade interpessoal de Claudia para a função seria estratégico e positivo para a gestão municipal. Além de agregar na imagem do grupo, uma mulher com a mesma personalidade de Claudia, com visão operacional de acompanhar, orientar, avaliar, controlar, lutar e executar a política educacional do município e os aspectos pedagógicos e administrativos da pasta com o mesmo afinco, traria resultados em curto prazo e aprovação da população.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS