18 Jun 2024 Ellipse ATUALIZADO 22:26

Publicado

10/03/2020

Atualizado

31/01/2024
Publicação

ESPETACULARIZAÇÃO DA IRRESPONSABILIDADE

Há quase uma semana, sabendo da possível interdição das aulas, o Observatório da Várzea solicitou informações ao Secretário de Obras, Nuilson Pinto, sobre a obra de reforma da Escola Municipal Monsenhor Júlio Alves Bezerra, em Nova Esperança, a fim de esclarecimentos à população.

Passaram-se os dias e, depois de adiar por duas vezes o repasse de informações, deixamos os fatos acontecer para, depois, nos manifestar publicamente a respeito da postura da gestão municipal.

Em nossos grupos de WhatsApp e de modo privado, ouvimos reclamações da população, que se queixa de somente agora começarem as obras, uma vez que poderiam ter sido feitas durantes as férias.

Não queremos entrar no mérito das acusações de ser, ou não, obras eleitoreiras, mas, do ponto de vista de gestão, é incomum que uma obra de tão grande importância tenha sido “planejada” para ser executada no meio do ano letivo.

Em nossas perguntas, que foram ignoradas, havia o questionamento sobre: o valor da obra, a origem do dinheiro, o calendário de execução e, acima de tudo, se isso mudaria a rotina dos alunos e professores.

Quando falamos da espetacu

larização da irresponsabilidade, afirmamos que, mesmo podendo chamar a comunidade para esclarecer os fatos, a gestão preferiu omitir data e hora deste anúncio, levando a direção da escola a convocar uma reunião com os pais, sem comunicação da presença do prefeito. Na oportunidade, usa-se da presença das pessoas e dos blogs coniventes para espetacularizar a assinatura de uma ordem que, numa gestão séria e comprometida com o bem-estar do município, poderia ter sido feita no próprio gabinete.

O Observatório da Várzea lamenta a postura desdenhosa da gestão do atual prefeito e, valendo-se do direito de expressão, reitera seu compromisso com a comunicação dos fatos, isentando-se das brigas eleitoreiras que compõem o cenário atual do município de Assu.

Estamos observando…

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS