17 Jun 2024 Ellipse ATUALIZADO 15:08

Publicado

16/05/2024
Política

Exatus Consultoria e Pesquisa enfrenta ação do Ministério Público Eleitoral por irregularidades em pesquisa de Assú

A Exatus Consultoria e Pesquisa LTDA se encontra sob intensa pressão após o Ministério Público Eleitoral solicitar sua condenação devido a irregularidades na divulgação de uma pesquisa eleitoral em Assú. A pesquisa em questão, que colocava o candidato Lula Soares em posição de destaque, com 54,5% das intenções de votos, foi objeto de críticas por falta de transparência e falhas nos dados apresentados.

O Ministério Público Eleitoral identificou falhas significativas na pesquisa realizada pela Exatus, destacando a falta de dados cruciais que comprometem sua integridade e credibilidade. Questões como a ausência de informações sobre o número de eleitores pesquisados em cada setor censitário e a composição da amostra em relação a gênero, idade, grau de instrução e nível econômico dos entrevistados levantaram sérias preocupações.

A realização de pesquisas eleitorais em ano de eleições demanda rigor metodológico, um aspecto que, segundo o Ministério Público, não foi devidamente observado pela Exatus Consultoria e Pesquisa LTDA.

Este não é o primeiro incidente envolvendo a empresa. Em 2020, uma pesquisa eleitoral divulgada pela Exatus também gerou polêmica, uma vez que os números apresentados diferiam consideravelmente dos resultados reais das urnas, quando Dr. Gustavo aparecia com 52,7% das intenções de voto, enquanto Ivan Júnior tinha 33%, quando as urnas abriram, a diferença foi de 05 votos. Tais inconsistências levantaram questionamentos sobre a confiabilidade das pesquisas conduzidas pela empresa.

Diante das acusações, a Exatus Consultoria e Pesquisa LTDA emitiu uma nota em 8 de maio, anunciando sua intenção de processar por calúnia e difamação aqueles que, segundo a empresa, injustamente tentaram manchar sua reputação.

A situação envolvendo a Exatus Consultoria e Pesquisa LTDA destaca a importância da transparência e integridade nas pesquisas eleitorais. Com o desenrolar deste caso, a sociedade local aguarda respostas claras e medidas adequadas para garantir a confiança no processo democrático e na idoneidade das pesquisas eleitorais.

Estamos observando…

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS