05 Mar 2024 Ellipse ATUALIZADO 07:41

Publicado

17/10/2022

Atualizado

31/01/2024
Publicação

Isolamento político de Fabielle rouba a cena no Aniversário de Assú

Por Silvino Júnior, graduando em jornalismo (UERN), Assistente de Planejamento da Produção (SENAI) e Editor Colaborador do Observatório da Várzea.

Não tem como refutar a verdade e a realidade. Não adianta chegar nesta matéria e dizer que o conteúdo é especulativo, que existe uma tentativa de prejudicar a relação entre o prefeito e a vice, que há uma trama armada pela oposição ou ainda supor que o Observatório da Várzea deseja danificar a imagem do gestor. Eu sou responsável pelo que escrevo neste espaço e digo sem medo de errar. Fabielle se tornou uma ameaça aos interesses do grupo governista e vive seu pior momento enquanto vice-prefeita de Assú. Está isolada politicamente e a ofensiva contra ela deve ser ainda mais forte nos próximos meses.

As festividades em comemoração ao aniversário de 177 anos da cidade foi impecável. O tradicional desfile, as atrações musicais, todo o processo de logística e organização, o resultado entregue a população foi positivo e reconheço isso. Mas não tem como falar de emancipação política e não falar de política partidária. Fabielle foi ofuscada na festa do município, do hasteamento das bandeiras na sexta até o domingo, ela não recebeu o tratamento devido e até na precedência de cerimonial, onde se estabelece uma ordem hierárquica, ela na condição de vice-Prefeita também não foi reconhecida ou vista como uma autoridade.

Fabielle tem carisma, mas carisma não vence eleição. Se quiser mesmo se viabilizar para 2024, ela vai ter que tomar cuidado. Está dentro de um território pantanoso. Uma máquina administrativa é capaz de fazer estrago e destruir qualquer reputação.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS