03 Mar 2024 Ellipse ATUALIZADO 13:38

Publicado

11/06/2023

Atualizado

31/01/2024
Publicação

Noite do dia 19 será marcada com as apresentações das Juninas tradicionais do Vale do Assú

Por Wagner Túlio, estudante do Curso Técnico Integrado em Agroecologia (IFRN) e colaborador do Observatório da Várzea.

As quadrilhas juninas desempenham um papel vital na preservação cultural, na integração social, na expressão artística, na valorização da história local, no estímulo ao turismo e na promoção da identidade regional. Nesse sentido, essas manifestações culturais representam uma parte essencial do patrimônio cultural do Brasil, enriquecendo a vida das comunidades onde são realizadas.

Torna-se nítido que as quadrilhas são um pedacinho do nosso Nordeste, um doce que comemos logo após o almoço. Na nossa cidade, dia 19 de Junho, às quadrilhas juninas tradicionais irão realizar suas performances no anfiteatro Costa Leitão, também conhecido como Buraco do Prefeito.

A atual campeã das competições na nossa cidade, a Esplendor, já possui 17 anos de experiência no ramo artístico e vem sendo observada por uma parcela significativa dos assuenses, no sentido de depositar expectativas. Além disso, esse ano eles trazem uma temática especial, sendo ela: “Devagar com o andor que o santo é de barro”, ressaltando a devoção por São João Batista, que é uma figura central da nossa tradição.

O Arraia Esplendor vem rompendo barreiras e levando a cultura para as outras cidades. Em 2022, a quadrilha levou o título de campeã nas cidades de Angicos,Tibau, Guamaré, Tangará, carnaubais e entre outras.

Por fim, parafraseando a fala do célebre puxador da Junina: Quadrilha não é coisa de vagabundo, dá trabalho e custa caro.

O Observatório da Várzea deseja boa sorte, há todas as juninas da nossa cidade.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS