17 Jun 2024 Ellipse ATUALIZADO 13:35

Publicado

19/12/2022

Atualizado

31/01/2024
Publicação

Prefeitura de Ipanguaçu já foi alvo de operação policial duas vezes

Por Silvino Júnior, graduando em jornalismo (UERN), Assistente em Planejamento da Produção (SENAI) e Editor Colaborador do Observatório da Várzea.

A gestão do ex-prefeito de Ipanguaçu, Valderedo Bertoldo, assistiu em um período de apenas dois anos, operações do Ministério Público dentro da sede da prefeitura por duas vezes.

Em agosto de 2019, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) esteve na Prefeitura de Ipanguaçu. Na época, foi deflagrada a Operação Locafraude, que investigava supostas fraudes em contratos de aluguel de carros de uma empresa com o poder executivo. Os contratos somariam mais de 370 mil reais.

Já em maio de 2021, a Prefeitura de Ipanguaçu recebeu pela segunda vez a presença do GAECO. Dessa vez, o Ministério Público cumpriu seis mandados de busca e apreensão. Denominada de Operação Prato Cheio, a corporação investigava no período um suposto esquema de desvio de dinheiro na contratação de um restaurante pela prefeitura. Nessa ação, houve a participação de 4 promotores de Justiça, 12 servidores do MP e 28 policiais militares.

Estamos observando…

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS