03 Mar 2024 Ellipse ATUALIZADO 13:02

Publicado

28/03/2023

Atualizado

31/01/2024
Publicação

A difícil rotina dos pacientes que precisam do transporte da Prefeitura para ir a Mossoró

Por José Guimarães, Licenciado em Filosofia pela Faculdade Vicentina (Curitiba), especialista em Pesquisa Acadêmica e Científica na Prática Docente, pela Unibagozzi (Curitiba) e Editor Colaborador do Observatório da Várzea.

Usuários do transporte cedido pela Prefeitura de Assú para quem precisa se deslocar para Mossoró nos relataram as diversas dificuldades que enfrentam para fazer exames e tratamentos na cidade vizinha.

Primeiro os constantes incidentes dos transportes. São carros que, de muito uso, já não dão conta de viajar com segurança. Carros que quebram constantemente. Hoje, segundo a denúncia, foi a bateria que parou de funcionar.

Segundo, a precariedade dos transportes. No caso da denúncia de hoje, segundo os denunciantes, o micro ônibus oferecido pela prefeitura é para crianças, não comportando pessoas adultas, ainda mais se tratando de pacientes que precisam de um mínimo de dignidade e conforto.

Terceiro, o tratamento recebido pelo responsável dos transportes, lotado na Secretaria de Governo como Diretor Executivo. Segundo os pacientes, quando ligam para esclarecimentos sobre os problemas com os carros, são tratados com “ironia” e “grosseria” .

Esperamos que haja um empenho em garantir os direitos dos cidadãos assuenses sem tratá-los como “peso” ou “carga”. Que sejam lembrados com dignidade nos momentos mais difíceis e não apenas na hora do voto.

Estamos observando…

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS