05 Mar 2024 Ellipse ATUALIZADO 07:38

Publicado

24/10/2023

Atualizado

31/01/2024
Publicação

Cantores do Vale do Açu se destacam em projeto audiovisual

Por Silvino Júnior, graduando em jornalismo (UERN), Assistente de Planejamento da Produção (SENAI) e Editor Colaborador do Observatório da Várzea.

5 artistas do Vale do Açu, 5 sonhos e um objetivo em comum: se tornarem conhecidos pela música e viverem da música no Brasil. O cantor Thiaguinho é de Assú e trabalha em um supermercado da cidade. Nas horas vagas, canta em eventos privados e barzinhos da região. O sustento de casa não vem só do trabalho da música, mas ele nunca desistiu de alcançar ainda mais pessoas através da sua arte. De Itajá, a cantora Bruna Lins de 25 anos é o melhor exemplo da importância da mulher na música, uma jovem que luta por um cenário igualitário na indústria musical e que encontra na música momentos de inspiração e superação. Do Alto do Rodrigues, a cantora Vê Barreto já conta com passagens em bandas da região, uma mulher que também desafia o patriarcado e que luta para quebrar paradigmas e tornar sua arte mais conhecida. Nasceu em Assú, mas vive em Carnaubais, vem de uma família de músicos de lá e representa a cidade. O artista Jorge Oliveira quer tornar o mundo melhor através da música e se empenha para a projeção do seu nome. De Ipanguaçu, Edu Barreto iniciou na música com um violão emprestado, é conhecido na Várzea e hoje é um dos grandes nomes em todo o Vale do Açu. Foi dele em parceria com o gestor financeiro Paulo Ricardo, a iniciativa de lançar o projeto “Sotaques da Sanfona”, um projeto onde ambos saíram convidando os outros 4 artistas da região para gravar um videoclipe em alta qualidade, permitindo se tornarem mais conhecidos pelo público e ampliarem suas carreiras a partir disso. O Projeto “Sotaques da Sanfona” é uma grande iniciativa na região. Os videoclipes dos artistas foram apresentados na noite desta segunda-feira, 23, no Cine Teatro, em Assú e contou com boa participação popular. Os artistas brilharam, se destacaram e mostraram que merecem serem incentivados, apoiados e valorizados pelo poder público e pela população em geral.

Estamos observando…

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS