23 Feb 2024 Ellipse ATUALIZADO 06:11

Publicado

05/12/2023

Atualizado

31/01/2024
Publicação

Descumprindo recomendação do Ministério Público, Soares desmontam gabinete da Vice- Prefeita

Por José Guimarães, Licenciado em Filosofia pela Faculdade Vicentina (Curitiba), especialista em Pesquisa Acadêmica e Científica na Prática Docente, pela Unibagozzi (Curitiba) e Diretor Presidente do Observatório da Várzea.

Em mais uma ação do seu plano de vingança contra Fabielle Bezerra, após ter notificado a Promotoria de que estava cumprindo a Lei Municipal nº 171/2021 que garante estrutura mínima ao Gabinete da Vice- Prefeita, Gustavo Soares não se conteve e exonerou a secretária que fazia o atendimento ao povo de Assú.

Provocado neste ano sobre o descumprimento da Lei por parte da gestão, a promotoria havia pedido explicações ao prefeito que, em 25 de julho, respondeu “Acerca do questionamento deste órgão ministerial especificamente sobre a estrutura mínima disponibilizada para o cargo de Vice- prefeito, informamos que a Administração Municipal disponibiliza para o cargo de Vice- prefeita: gabinete e recepcionista (cargo comissionado indicado pela senhora Vice- prefeita)”.

No entanto, quatro meses depois de ter comunicado e reiterado que ” a Administração Municipal cumpre com seu papel legal quanto ao cargo de Vice- prefeita”, o prefeito exonerou a última indicação de Fabielle na gestão que, querendo ou não, ela ainda faz parte. É uma verdadeira tentativa de demonstração de força, uma vez que o seu grupo tenta, a todo custo, apagar Fabielle da cena política.

Talvez uma lição que o atual gestor e seu grupo precisam aprender é que, numa sociedade minimamente civilizada, numa instituição republicana, os dissabores do cargo exercido não devem ser confundidos com questões pessoais. Ao chefe do executivo, mais do que ninguém, resta os rigores da Lei que, uma vez descumprida, cabe denúncia e punição. A prefeitura não deve ser o quintal da casa do prefeito de plantão, ela é o meio que o cidadão comum ocupa provisoriamente e que, cedo ou tarde, terá que deixá-la para alguém.

Estamos observando…

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS