03 Mar 2024 Ellipse ATUALIZADO 13:38

Publicado

06/07/2020

Atualizado

31/01/2024
Publicação

EUFORIA, FRENESI E SILÊNCIO NO TABULEIRO

Por José Guimarães, Licenciado em Filosofia pela Faculdade Vicentina (Curitiba), especialista em Pesquisa Acadêmica e Científica na Prática Docente, pela Faculdade Bagozzi (Curitiba) e Editor- Responsável do Observatório da Várzea.

A Euforia pode ser definida como uma alegria excessiva, as vezes motivada até por estimulantes alcoólicos. Logo depois que os efeitos passam vem a realidade e logo ela preenche o espaço deixado por aquela alegria momentânea.

Pois em Assú, no preâmbulo das eleições, a euforia andou permeando alguns grupos políticos. O grupo situacionista, antes da desistência da reeleição por parte do Dr. Gustavo, cantava aos 4 cantos que ele seria facilmente reeleito. Após sua desistência, os mesmos se recolheram.

Já a atual vice-Prefeita num súbito frenesi que foi a sua passagem como interina, parecendo eufórica com a possibilidade de tentar permanecer com a caneta na mão, colocou o bloco na rua, lembrou das redes sociais e articula a qualquer momento um apoio, mesmo que sejam apoios eufóricos, pois ela mesma sabe (todos eles sabem) que não se sustentam.

Por fim, o principal grupo oposicionista, o liderado pelo ex-Prefeito Ivan Júnior, apresenta uma mudança repentina de humor com a notícia da desistência do atual gestor. De um silêncio sepulcral, rompido apenas pela participação do ex-Prefeito em programas/lives, temos uma clara atuação dos aliados que passaram a apontar os defeitos dos outros e os acertos do seu pré-candidato de estimação.

Afastados da realidade popular e sem nenhuma proposta ou ideia nova a motivar, o povo assiste a essas idas e vindas eufóricas dos grupos políticos de Assú com estupefação. Os tempos são outros e exigem capacidade dos políticos em enxergar quais as demandas necessárias para uma companha que conquiste o eleitorado.

A única certeza é de que os grupos majoritários, situação e oposição, terão que se reinventar para poder atingir os desejos da população, uma vez que, com a desistência do atual prefeito à reeleição, os discursos jã estão sem validade e, se não apresentarem algo de novo, ambos podem ser suprimidos pela ânsia popular que deseja mudança.

Estamos Observando…

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS