05 Mar 2024 Ellipse ATUALIZADO 08:36

Publicado

23/08/2022

Atualizado

31/01/2024
Publicação

IVAN JÚNIOR ASSISTE SUA CHAPA AMARGAR O 3° LUGAR

Por Silvino Júnior, graduando em jornalismo (UERN), Assistente de Planejamento da Produção (SENAI) e Editor Colaborador do Observatório da Várzea.

Completou um mês desde que o ex-Prefeito de Assú, Ivan Júnior (UB), foi confirmado como candidato a vice-governador na chapa de Fábio Dantas (SD). Com seis dias de campanha oficial na rua, Ivan já caminha ao lado de Fábio e cumpre agenda nos municípios do estado. A intenção de se colocar à disposição para ser vice agradou o presidente estadual do partido União Brasil, o ex-senador, José Agripino. Mas parece que ainda não convenceu o eleitor.

A pesquisa IPEC, antigo IBOPE, divulgada na noite desta segunda-feira (22) pela Inter TV Cabugi, afiliada da Rede Globo no RN, trouxe dados ruins para a chapa. Fábio Dantas pontua apenas 9% e se encontra em 3º lugar, atrás do Senador Styvenson que marca 15%. Fátima Bezerra lidera com 46% e venceria no 1º turno se as eleições fossem hoje.

A chapa Fábio e Ivan até então parece ter sido abandonada a própria sorte e se mostra sem ânimo e com cheiro de Robinson. O marketing da governadora Fátima Bezerra (PT) já aposta no slogan ‘’Vice de Robinson’’ em artes gráficas, se referindo a Fábio que foi vice-governador entre 2015 a 2018, para desgastar ainda mais o oponente.

Com quase 5 minutos de tempo de rádio e TV, Fábio Dantas terá a chance de tentar emplacar seu projeto com o início do horário eleitoral. Mas até lá, Ivan Júnior assiste seu companheiro de chapa amargar uma queda vertiginosa nas intenções de votos logo na largada da campanha.

A vinda de Ivan Júnior foi vista por Fábio como uma forma de se aproximar do interior, de ser ‘’uma chapa municipalista’’, como ele mesmo chegou a afirmar. Até agora, o eleitorado do interior não chegou e Fábio só despencou.

Ao aceitar ser vice, Ivan Júnior sabia que um eventual 3º lugar poderia trincar sua imagem e servir de munição para a oposição local explorar. Colocar as digitais em uma derrota que até aqui se mostra ser previsível foi uma decisão muito errada.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS