27 May 2024 Ellipse ATUALIZADO 18:57

Publicado

10/03/2021

Atualizado

31/01/2024
Publicação

MERCADO INSTITUCIONAL ADQUIRINDO PRODUTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR

Por Flávio Felipe, graduando em Educação do Campo, pela UFERSA, Secretário de Planejamento e Gestão de Porto do Mangue, coordenador do Fórum caminhos das águas doces, turismo e cultura do Vale do Açu e editor-correspondente do Observatório da Várzea em Porto do Mangue

O Governo do Estado, através do Programa Estadual de Compras Governamentais da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Pecafes), envolvendo as secretarias de Educação (Seec) e Assistência Social (Sethas), Emater, Programa RN Chega Junto (SETHAS e o Governo Cidadão), fez aquisição de mais de 2.700 toneladas de alimentos oriundos do campo.

As ações ultrapassaram R$ 15 milhões, distribuídos entre vinte produtos, dentre eles feijão macassa, arroz vermelho, bebida láctea, polpa de fruta, bolo, mamão, banana, etc. O governo distribuiu três kits de alimentos para mais de 217 mil famílias de alunos.

A aquisição de sementes crioulas em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é outro grande avanço na Agricultura Familiar potiguar. Foram adquiridas 51 toneladas de sementes crioulas de agricultores familiares. Todo esse processo aconteceu com um grande arranjo institucional com mais de trinta associações e cooperativas do Vale do Açu. A Cooapesca de Porto do Mangue e a Coopingos de Assú estão na empreitada, somando na governança para fortalecer a agricultura familiar e consagrar a prosperidade d@s cooperad@s.

Finalizamos 2020 mais conscientes de que precisamos aprender muito sobre arranjos produtivos, ao mesmo tempo em que saímos mais consciente com a prática da intercooperação vivenciada por algumas cooperativas e associações. Embora ainda muito embrionário, mas muito positivo, na verdade esse processo que está acontecendo no RN, é, fruto da decisão da maioria dos potiguares quando aprovou o nome da professora Fatima Bezerra para governar o RN.

Uma associação de Apodi e a Cooapesca vão fornecer mais de trinta toneladas de peixe fresco, essa quantidade de peixe está sendo adquirida pela SETHAS/RN, e será entregue nas escolas da rede estadual às famílias com filhos matriculados.

É consenso em todas as cooperativas e associações que o Pecafes é um instrumento importantíssimo, e isso mostra que a Sedraf não foi criada para dar empregos a apadrinhados políticos, e, sim para valorizar a Agricultura Familiar, que produz nas diversas condições e que historicamente foi lembrado poucas vezes em época eleitorais e assim mesmo de maneira muito superficial.

É preciso e necessário que o Estado aperfeiçoe/aprimore o processo de pagamento em tempo lógico e pactuado, visto que existe uma relação comercial não só das cooperativas e associações com o governo, mas também das cooperativas e associações com os agricultores familiares que entregaram parte da sua produção.

Outro grande desafio é o nivelamento de procedimentos dos gestores escolares. Alguns, em certos momentos, usam termos bastante técnicos, deixando alguns cooperativistas sem entender todo o processo, sendo esta a razão de saírem procedimentos tão diferentes de uma escola para outra no mesmo município.

Estamos observando…

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS