05 Mar 2024 Ellipse ATUALIZADO 07:22

Publicado

18/11/2022

Atualizado

31/01/2024
Publicação

O cenário que aumenta as chances de Lula Soares

Por Silvino Júnior, graduando em jornalismo (UERN), Assistente em Planejamento da Produção (SENAI) e Editor Colaborador do Observatório da Várzea.

4 fatores explicam o clima de confiança que tem cercado a base aliada mais próxima de Lula Soares, cotado como pré-candidato do governo para disputar a Prefeitura do Assú.

1 – Imagem associada a gestão 》A visão de uma parte dos aliados de Lula Soares é de que sua presença constante nos eventos realizados pelo poder municipal oferece margem para que ele se torne mais conhecido pelo eleitorado e converta um terço da aprovação que a gestão do Prefeito Gustavo possui para si.

2 – Apoio do PT local e estadual 》Se acredita internamente que o diretório do Partido dos Trabalhadores em Assú seguirá alinhado ao deputado George Soares, garantindo sustentação tanto local como a nível estadual. No caso do diretório de Assú, o nome de Lula Soares não passaria pelo mesmo racha que ocorreu em 2020, quando membros do diretório se dividiram entre Ivan Júnior e Gustavo. Outro elemento seria o quadro de jovens do PT assuense, que com a condição de apoio a Lula Soares, permitiria que ele vendesse uma imagem moderna e de renovação durante a campanha com o apoio da juventude.

3 – Convergência do grupo político 》O Bloco governista já defende Lula Soares com exatidão nos bastidores e em conversas públicas. Isso sinaliza que o seu nome não sofreria rejeição, nem passaria por situações de crise no próprio grupo, o que garante alinhamento e suporte político-partidário.

4 – Estratégia de desconstrução 》Há quem já admita de forma reservada que a desconstrução contra Fabielle tem funcionado de forma gradativa e tem deixado a vice em uma posição solitária, com poucas alternativas dentro do tabuleiro eleitoral. A avaliação é de que é possível explorar contradições de Fabielle, como aconteceu com sua ligação com o PSDB, e que o contexto polarizado impediria ela de reunir condições para se lançar como terceira via. Já em caso de aceitar ser vice na oposição em 2024, Fabielle poderia reduzir seu capital político e não ter chances de sonhar com 2028.

Estamos observando…

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS