24 Jun 2024 Ellipse ATUALIZADO 21:51

Publicado

03/03/2023

Atualizado

31/01/2024
Publicação

Prefeito do Bem: Jefferson chega à reta final da campanha em clima de paz

Por José Guimarães, Licenciado em Filosofia pela Faculdade Vicentina (Curitiba), especialista em Pesquisa Acadêmica e Científica na Prática Docente, pela Unibagozzi (Curitiba) e Editor Colaborador do Observatório da Várzea.

Historicamente, as campanhas eleitorais de Ipanguaçu se destacam pela euforia, abuso de poder econômico e, muitas vezes, pela violência política. Tanto é que, no próximo dia 05 de março, acontecerá a eleição suplementar, após um longo processo que cassou o ex-prefeito Valderedo e colocou interinamente o então presidente da Câmara Municipal ,Jefferson Santos(PL) no poder e que, agora, busca a eleição suplementar.

Se no passado houve abuso de poder econômico e violência política, no presente não há muita diferença. Numa campanha acirrada, mesmo aqueles que estão acostumados com o jogo da política ipanguaçuense se impressionam com os relatos da população que, muitas vezes, tem medo até de expressar sua opinião política.

Percebendo a conjuntura, Jefferson Santos lançou uma campanha de paz, oferecendo ao eleitorado uma possibilidade de optar pelo amor ou, como diz a campanha, pelo “bem”, dando a entender que o outro lado representa o oposto daquilo que ele e sua campanha desejam: a paz.

Claro que, estando sentado na cadeira de prefeito interino, com a máquina na mão, o candidato do Partido Liberal, Jefferson Santos, largou com vantagem, apesar de seu opositor, Remo Fonseca (Progressistas), ter arregimentado muito apoio político, contado com o Deputado George Soares e a governadora Fátima Bezerra.

No entanto, embora os dois candidatos apresentarem chances reais de vitória no próximo dia 05, independentemente de quem ganhar a eleição, a campanha de Jefferson sai na frente com um tema muito importante que garantirá o bem-estar do povo de Ipanguaçu, tão sofrido pela ganância dos poderosos, acostumados a amedrontar e assediar os mais humildes em busca de votos.

Estamos observando…

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    POSTS RELACIONADOS